Uma de Drummond

Penetra surdamente no reino das palavras.
Lá estão os poemas que esperam ser escritos. (...)
Chega mais perto e contempla as palavras.
Cada uma tem mil faces secretas sob a face neutrae te pergunta, sem interesse pela resposta,pobre ou terrível, que lhe deres:
"Trouxeste a chave?"
(Carlos Drummond de Andrade)

Comentários