Expressoes em espanhol



Depois de um tempo de ausencia do meu blog, posto aqui algumas observações sobre o espanhol quando estive estudando em Madrid.
Abaixo, registro algumas expressões muito utilizadas no país Ibérico. Confesso que devido à influencia, consegui utilizá-las quase que naturalmente na minha fala cotidiana. Fiquei tão feliz...

Joder , Jo... (pronúncia: róder) – literalmente é “foder”. Mas eles usam como os americanos usam “fuck” ou a gente usa porra. Tipo: “Joder! ¿Qué te pasa?
¡Vale! (pronúncia: bale) –  Todos falam o tempo todo. É como se fosse um ok. “Quedamos ahora en el metro, ¿vale?
Chulo (pronúncia: txulo) – pra gente, é algo fuleiro, né? Pra eles não, é o contrário, cool. “Mira que pantalones chulos! Me voy a comprar!”
Guay (pronúncia: guái) – a mesma coisa: cool. “Es una chica muy guapa, inteligente, viaja mucho… es muy guay”.
Chungo (pronúncia: txungo) – aí sim: fuleiro, ruim, de má qualidade. “Compré un reloj muy chungo en la tienda china. Ya se estropeó”.
Estropear – estragar.
Tío = chaval – homem, cara, garoto. “Conozco um tío genial, seguro que vás te enamorar de él”.
Seguro – outra palavrinha constante no vocabulário de Barna. Significa claro, certo. Usam muito! Já dei um exemplo na frase acima.
Hombre – é a mesma coisa que a nossa interjeição “cara”. “¡Hombre, qué hambre estoy!”
Friki – essa eu adoro! É o mesmo que viciado, indivíduo de aparência ou comportamento incomum.
La ostia ou La polla - existe multiplos significados para essas duas palavras que  depende do contexto, do que diz ou da entonação. Tanto pode ser algo muito bom, como para dizer que está farto de algo. Polla=penis. 
Cagar – eles falam muito “te cague” ou algo assim, mas esse termo não sei bem como usar ainda. E confesso que nem quero. Já sei que existe, assim tá bom.
Cutre - de baixa qualidade, rasgado.
Cursi - querer ser refinado, mas acaba caindo no ridículo.
Hortera - pessoa ou coisa vulgar, de mal gosto.
A mi me dá igual - é o nosso "tanto faz".
No me suena... - não me lembro, não é familiar.
Yo paso - nao interessa
Disfrutar a tope - aproveitar muito.
Me queda tope - estranho
La leche = madre de dios!
Ser de mala leche - de más intenção, má sorte.
No viene a cuento - não é conveniente
Pillar el toroé usado quando dissemos que não há tempo suficiente para fazer todas as coisas que você deve fazer.
Coger el toro por los cuernos - enfrentar um problema com coragem.
Vamos! - Acredito
Me quedó fatal = se sentir muito mal pelo que fez.
Y un jamón - Não
Querer un montón - querer muito (essa não parava de falar)
Dar por saco - que importa
Timar - enganar alguém
Derrengado - cansado

Enfim, esses são alguns termos muito callejeros de Madrid. Que aproveches!

Comentários

  1. Adorei aprender um pouquinho de espanhol contigo!!!

    Seja no Natal ou em qualquer outra data, devemos sempre sentir a presença de Deus em nossos corações. Neste ano que passou, apesar de tudo que sofri, sempre senti que Ele me carregava no colo quando eu achava que não podia mais seguir meu caminho. 2010 foi o ano mais difícil de toda minha vida, mas ao mesmo tempo, foi o ano em que tive provas de que verdadeiras amizades ainda existem e que Deus nunca nos desampara. Talvez por isto eu tenha conseguido meu emprego tão sonhado, depois de tantas batalhas, internas e externas...

    "Girando o mundo nos guia à poesia dos dias, seja com o sol, seja com a lua, ela é tua... a felicidade está em ti."

    (postei esta frase no twitter quando senti que o sorriso é como uma cura... e foi. mudei minha atitude diante dos fatos e meu pensamento atraiu energias positivas)

    Sou agnóstica, só pra constar, acredito em energias positivas que posso chamar do que eu quiser, inclusive de Deus, até para uma maior compreensão dos que lêem e tem outras crenças... ou até pra quem não tem nenhuma!

    Beijos n'alma, e que sejam felizes todos os teus dias, inclusive o de hoje!

    ResponderExcluir

Postar um comentário